Projeto “Fotografia Tátil” ajuda cegos na arte de fotografar
Projeto “Fotografia Tátil” ajuda cegos na arte de fotografar

Projeto “Fotografia Tátil” ajuda cegos na arte de fotografar

Quem ouve falar de primeira pensa que é um projeto inviável. Mas, sim, é possível: pessoas cegas podem ser fotógrafas.

Um projeto de extensão da Universidade Federal do Ceará (UFC) proporciona a deficientes visuais a oportunidade de não apenas sentirem as fotografias, mas de viverem a experiência do ato de fotografar.

Quem coordena o projeto Fotografia Tátil é o professor do curso de Design da UFC Roberto César Vieira. E para quem ficou sem entender, ele esclarece como funciona.

“O processo é ter um monitor que descreve o ambiente no entorno. Ele descreve o que ele quer fotografar. A partir desse ponto nós ligamos o LCD e no momento que ele achar adequado ele tira a foto”, revela.

A iniciativa existe há 3 anos e, além de promover a inclusão de pessoas com baixa ou nenhuma visão, já é visto como referência para outras iniciativas. O resultado do trabalho do projeto Fotografia Tátil é exibido nos encontros universitários.

Fonte: http://tribunadoceara.uol.com.br/diversao/fotografia/projeto-fotografia-tatil-ajuda-cegos-na-arte-de-fotografar/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *