Themis Briand e Thais Frota Ribeiro são pura inspiração!

As cearenses Themis Briand e Thais Frota Ribeiro são melhores amigas desde a infância, daquele tipo que não se desgruda. Thais, que é servidora pública federal desde 2004, nasceu com a doença genética Amaurose Congênita de Leber que causa a degeneração progressiva da retina e a perda progressiva da visão. Themis, que é blogueira, sempre foi apaixonada pelo universo da moda e beleza e adora maquiar as amigas. Juntas, as duas criaram o projeto Beleza Para Todos — um canal na internet onde elas ensinam os portadores de Deficiência Visual a se auto maquiar — e acabaram tornando-se pioneiras na area.

A ideia do canal surgiu em maio de 2016, quando as amigas viajavam juntas para Foz do Iguaçu com os respectivos maridos. Thais pediu para Themis maquiá-la para irem a um restaurante chique. “Quando terminou, eu estava linda e meu marido todo bobo. Ele dizia “Amor, você está muito linda! Quero você assim sempre!”. Me despertou uma vontade imensa de aprender a fazer aquilo. Mas como seria possível?”, lembra Thais.

A jovem, então, começou a procurar cursos de auto maquiagem para deficientes e não teve sucesso. “Eu queria um curso que ensinasse a me maquiar no escuro, sem espelho e sem ajuda de ninguém. Desisti dos cursos e fui buscar tutoriais no Youtube. Encontrei vários vídeos sobre maquiagem com mulheres explicando algo do tipo: “Escolha essa cor, use esse pincel, passe dessa forma e ficará assim”. Eu pensava “assim como?”, eu não conseguia entender nada, não podia ver o que elas estavam mostrando…”, conta.

Foi quando Thais ligou para Themis pedindo que a própria amiga desse essa aula de auto maquiagem. “Quando a Thais conseguiu aplicar e se maquiar sozinha, percebi a grandiosidade do feito e com isso a necessidade de divulgar esse conteúdo que, até então, não existia. Como eu já tinha meu canal no YouTube com dicas de beleza, resolvemos produzir os vídeos direcionados para os Deficientes Visuais que estão reunidos na playlist Beleza para Todos”, conta Themis.

Os vídeos do canal são hiper didáticos e detalhados. “Nos vídeos direcionados para deficientes visuais é extremamente necessário uma sensibilidade maior na hora da narração, bem como no detalhamento das áreas do rosto, pois eles não tem o recurso visual, então expressões como “olha aqui” “veja como fica” “desse jeito” são totalmente abolidas”, explica Themis. “Descrevemos em detalhes os formatos das embalagens dos produtos, suas funções, suas cores”, diz Thais, que ainda faz um apelo às indústrias cosméticas. “Gostaria de que façam embalagens mais acessíveis, com escritos em alto relevo que facilitem a identificação dos produtos e das cores por uma pessoa cega ou com baixa visão”. A repercussão do trabalho das duas não poderia ser mais positivo. “É muito gratificante receber o feedback de várias pessoas que são Deficientes Visuais pelo Brasil e mandam mensagens agradecendo por termos pensado nelas também. Não esperávamos tamanha receptividade. Percebemos o quanto fazia falta esse conteúdo de beleza acessível”, afirma Themes. “Agora sou dona da minha aparência, tenho autonomia para me sentir linda quando quiser. Poder passar a outras pessoas o que aprendi é muito gratificante. É emocionante ouvir os depoimentos de mulheres que foram tocadas de alguma forma por nossos vídeos”, diz Thais.Agora, o sonho das duas é viajar o Brasil levando o curso Beleza para Todos às instituições de pessoas com Deficiência Visual. “Percebi como realmente a maquiagem influi na autoestima, empoderamento. Apesar dos vídeos estarem disponíveis na internet, muitos ainda não tem acesso a esse conteúdo”, diz ThemesFonte: