Fisioterapia na Pandemia: Confira 5 dicas para melhorar o convívio com crianças com deficiência visual durante o isolamento social
Fisioterapia na Pandemia: Confira 5 dicas para melhorar o convívio com crianças com deficiência visual durante o isolamento social

Fisioterapia na Pandemia: Confira 5 dicas para melhorar o convívio com crianças com deficiência visual durante o isolamento social

Hoje, a fisioterapeuta Arine Tabosa traz algumas dicas para melhorar o convívio das crianças com deficiência visual durante o isolamento social.

Ela atua no Centro Especializado em Deficiência Visual (CEDV), área responsável por todo atendimento de saúde do Lar.

Seguir essas dicas é essencial para o desenvolvimento e a reabilitação dos deficientes visuais que estão em acompanhamento remoto fisioterapêutico.

Dica 1: Favoreça atividades que requerem movimento independente, onde o próprio deficiente visual toma a iniciativa;

Dica 2: Desligue os dispositivos eletrônicos e torne o momento mais atencional para a criança;

Dica 3: Ofereça pistas verbais utilizando seu corpo como referência no espaço (direita, esquerda, à frente, atrás). Desta forma a locomoção se torna mais independente;

Dica 4: Utilize estímulos táteis, sonoros, olfativos e visuais de diferentes fontes para a percepção sensorial do assistido, favorecendo os recursos utilizados para a sua independência;

Dica 5: Siga as orientações dadas pela terapeuta no dia a dia da família. Afinal a família tem um papel ativo no seu desenvolvimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *