• Ao andar com uma pessoa cega, deixe que ela segure seu braço. Não empurre ou puxe: pelo movimento de seu corpo ela saberá o que fazer.
  • Ao auxiliar a pessoa cega a atravessar a rua, pergunte-lhe antes se ela necessita de ajuda e, em caso positivo, atravesse-a em LINHA RETA, senão ela poderá perder a orientação.
  • Ao orientá-la, dê direções do modo mais claro possível. Diga DIREITA ou ESQUERDA, de acordo com o caminho que ela necessite. NUNCA use termos como “ali”, “lá”.
  • Se ela estiver sozinha, identifique-se sempre ao se aproximar dela.
  • Ao se afastar da pessoa cega, avise-a para que ela não fique falando sozinha.
  • Ao ajudá-la a sentar-se, coloque a mão da pessoa com deficiência visual sobre o braço ou encosto da cadeira e ela será capaz de sentar-se facilmente.
  • Não tenha receio de avisá-la discretamente a respeito de sua roupa, no caso de meias trocadas, roupas pelo avesso, zíper aberto etc…
  • Durante a refeição, pergunte-lhe se quer auxílio para cortar os alimentos, e informe quais os alimentos estão no prato.
  • Se conviver com uma pessoa cega, as portas devem estar totalmente abertas ou completamente fechadas. Conserve os corredores livres de obstáculos. Avise-a se a mobília for mudada de lugar.
  • Se você for a um lugar desconhecido para a pessoa cega, diga-lhe, muito discretamente, onde as coisas estão distribuídas no ambiente e quais as pessoas presentes.
  • Ao apresentá-la a alguém, faça com que ela fique de frente para a pessoa apresentada. Dessa maneira ela poderá estender a mão e cumprimentá-la.
Print Friendly