ADEVIC inaugura pisos tácteis em passadeiras na Cidade da Praia para facilitar a mobilidade dos cegos
ADEVIC inaugura pisos tácteis em passadeiras na Cidade da Praia para facilitar a mobilidade dos cegos

ADEVIC inaugura pisos tácteis em passadeiras na Cidade da Praia para facilitar a mobilidade dos cegos

Associação dos Deficientes Visuais de Cabo Verde (ADEVIC) procedeu hoje à inauguração de pisos tácteis em algumas passadeiras da Cidade da Praia, com o objectivo de garantir a mobilidade dos cegos com menos riscos.

 

Trata-se de pavimentos adaptados em que as pessoas com deficiência visual sentem com os pés ou com a bengala de que realmente estão a atravessar numa passadeira, uma iniciativa que se enquadra no âmbito do projecto “Cabo Verde vai ver melhor os cegos”, financiado pela União Europeia.

“Os cegos vão agora ter mais facilidade em descobrir onde se encontram as passadeiras porque antes tínhamos de perguntar a alguém, mas já com esta referência é possível fazer uma travessia mais segura”, disse o presidente cessante da ADEVIC e coordenador do projecto, Manuel Júlio, indicando tratar-se de uma inovação importante para os cegos em Cabo Verde.

Manuel Júlio aproveitou a ocasião para pedir às autoridades competentes que alarguem esta iniciativa a todos municípios e ilhas do país e reclamou ainda melhorias nos passeios.

“Realmente os passeios não estão preparados. Estão todos esburacados e há lugares em que nem se quer há passeios. Por isso para ter mais pisos tácteis nas diversas localidades é preciso criar condições nos passeios, principalmente nas zonas urbanas”, disse o coordenador do projecto “Cabo Verde vai ver melhor os cegos”.

Os pisos tácteis estão colocados no Plateau em frente ao INPS, em frente do supermercado Cálu e Ângela, ao lado da Caixa Económica na Fazenda, em Sucupira e em frente à ADEVIC em Achada São Filipe.

Para além dessa iniciativa, perpectiva-se ainda no quadro do Projecto “Cabo Verde vai ver melhor os cegos”, já na fase final, rotulagem das embalagens de medicamentos em braille, conforme adiantou o recém-eleito presidente da ADEVIC, Marciano Monteiro.

“A Inpharma já está trabalhar no sentido de termos a etiquetagem das embalagens em braille. Acreditamos que será para breve porque a Inpharma está interessada e nós já fizemos alguns testes com eles e acreditamos que logo que haja condições isso será implementado”, disse este dirigente associativo.

Por agora vai-se trabalhar na divulgação e formação dos cegos na utilização dos pisos tácteis.

Fonte: http://www.expressodasilhas.sapo.cv/sociedade/item/49633-adevic-inaugura-pisos-tacteis-em-passadeiras-na-cidade-da-praia-para-facilitar-a-mobilidade-dos-cegos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.