Atenção e cuidados com a visão dos idosos precisam ser redobrados

Atenção e cuidados com a visão dos idosos precisam ser redobrados

Olho de idosoConforme a idade avança, os problemas de saúde tendem a aumentar consideravelmente e os distúrbios oculares estão dentro da lista de cuidados que as pessoas idosas precisam ter. O número de pessoas com mais de 80 anos que acabam perdendo a visão é de 15 a 30 vezes maior na comparação com as pessoas de 40 a 50 anos.
 
Justamente por isso, Dr. Renato Tolazzi, médico oftalmologista do Instituto Médico Oftalmológico Foz do Iguaçu (IMOF), entende que quanto mais idosa a pessoa vai ficando, maior deve ser a atenção com a visão. Dr. Tolazzi explica que é nessa faixa de idade que estão as pessoas mais afetadas pelos problemas visuais, já que as estruturas oculares sofrem muitos danos ao longo da vida.
 
“A consulta com um médico oftalmologista deve ser uma rotina, com exames frequentes. Sobretudo quando falamos das três patologias que podem levar à cegueira nesse perfil de público: glaucoma, catarata e retinopatia diabética” detalha Dr Tolazzi, que alerta sobre estar atento com estas que são as enfermidades mais perigosas.
 
Dr. Tolazzi explica que, além de um profissional qualificado, é muito importante um centro médico altamente capacitado para o diagnóstico e o tratamento. “A prestação deste atendimento está crescendo muito com o envelhecimento da população. O paciente precisa de hospitais especializados e equipes preparadas para que o paciente idoso seja tratado adequadamente. Quanto mais cedo iniciar o tratamento, menores são as consequências dos distúrbios oculares, as chances da incapacitação da visão diminuem ou até são eliminadas” conclui.
 
Doenças mais perigosas para a terceira idade
Dr. Reato Tolazzi explicou rapidamente sobre cada uma das três enfermidade citadas acima.
 
Catarata
“Ela ocorre com a opacidade do cristalino. Nas idades mais avançadas,o olho acaba ficando menos transparente e, consequentemente, a visão é afetada. Se não tratada adequadamente, o quadro vai pode piorar até que até que uma intervenção cirúrgica seja necessária”.
 
Glaucoma
“Esta doença provoca uma lesão no nervo ótico e pode levar ao quadro de cegueira irreversível quado não detectado a tempo”.
 
Retinopatia Diabética
“É uma alteração dos vasos sanguíneos, bem comum nas pessoas que são diabéticas há mais de 20 anos. Esta alteração nos vasos faz com que haja má circulação de sangue na retina e resulta em queda de visão gradual – e em alguns casos, seguido de uma queda de visão abrupta e repentina”.
 
Para evitar que problemas oculares interfiram na saúde do paciente, Dr. Renato Tolazzi recomenda um acompanhamento com o médico oftalmologista para orientar o melhor tratamento corretivo e, desta maneira,, manter a saúde dos olhos por muito mas tempo.
 
Sobre Renato Tolazzi
Renato Tolazzi é médico formado pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), com especialização em Oftalmologia pelo Hospital de Olhos de Londrina (PR). Membro do Conselho Brasileiro de Oftalmologia, Sociedade Brasileira de Oftalmologia, Sociedade Brasileira de Cirurgia Refrativa, Sociedade Brasileira de Catarata e Implantes Intraoculares e da Sociedade Brasileira de Lentes de Contato, Córnea e Refratometria.
 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.