Brasil fatura prata no primeiro dia do Mundial Paralímpico

Brasil fatura prata no primeiro dia do Mundial Paralímpico

Alex Pires conquista prataA estreia do Brasil no Mundial Paralímpico de Atletismo em Doha, Catar, foi marcada pelo bom desempenho de Alex Pires nos 1.500m na classe T46 (amputados ou deficiência nos braços).

Seis meses atrás, Alex conquistou outra importante medalha de prata, no Mundial de Maratona, em Londres. Nesta quinta-feira (22), o brasileiro completou a prova com o tempo de 3min54s43, ficando atrás apenas do argelino Samir Nouioua, campeão com 3min53s36. O australiano Michael Roger completou o pódio, com 3min57s91.

“Não era a medalha que eu esperava. Queria muito o ouro, mas, infelizmente, não deu”, admitiu Alex. “Estou satisfeito porque sei que posso melhorar muito ainda para os Jogos Paralímpicos do Rio. Minha estratégia de prova era correr independentemente do que fizessem os adversários. Fiz o que tinha de fazer”, explicou.

Outros dois brasileiros chegaram muito perto de conquistar medalhas no Mundial. Ana Cláudia Silva ficou em quarto lugar no salto em distância T42, com a marca de 3,51m. O mesmo ocorreu com Edson Pinheiro nos 200m T38. O brasileiro correu a prova em 23s17, o melhor tempo de sua carreira.

Quem também se destacou foi Alessandro Silva, do arremesso de peso. Atleta da classe F11 (cego total), ele disputou o Mundial contra competidores da F12 (baixa visão) após a junção das classes e ficou em 11º lugar. Porém, com a marca de 12,56m, o brasileiro quebrou o recorde das Américas da F11.

Fonte: http://www.brasil.gov.br/esporte/2015/10/brasil-fatura-prata-no-primeiro-dia-do-mundial-paralimpico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.