Brasil: Site do Ministério do Turismo é reconhecido por acessibilidade na internet
Brasil: Site do Ministério do Turismo é reconhecido por acessibilidade na internet

Brasil: Site do Ministério do Turismo é reconhecido por acessibilidade na internet

Plataforma Turismo Acessível, que permite a internautas avaliarem estabelecimentos, é premiado na categoria site governamental

O site Turismo Acessível – desenvolvido pelo Ministério do Turismo em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e com o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Conade) – ficou com a segunda colocação do 3º Prêmio Nacional de Acessibilidade na Web, categoria site governamental.

A premiação ocorreu na noite da última quinta-feira (4), em São Paulo, no auditório da Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência – Memorial da Inclusão, e contou com a presença do diretor de Produtos de Destinos do MTur, Wilken Souto.

A ferramenta virtual permite à população avaliar a acessibilidade em estabelecimentos ligados ao turismo, tais como presença de rampas, banheiros adaptados e cardápios em braile, por exemplo. A primeira colocação ficou com o Modelo de Acessibilidade em Governo Eletrônico (EMAG) do Ministério do Planejamento. O eMAG é um conjunto de recomendações usado como referência de acessibilidade e padronização dos sites governamentais.

Lançado há seis meses no Congresso Nacional, o site Turismo Acessível conta com um banco de dados composto por cerca de 530 mil estabelecimentos e já tem mais de mil usuários cadastrados. Os acessos ao site passam da marca de 385 mil. Na página, o internauta pode classificar o atendimento por meio de notas, incluir comentários e fotos.

“O Prêmio Nacional de Acessibilidade é para nós como reconhecimento, mas mais importante que isso é o uso dessa ferramenta pelas pessoas com deficiência para que elas possam, de fato, usufruir dos benefícios da atividade turística com segurança e com autonomia”, disse Wilken Souto.

O guia traz ainda informações sobre os direitos da pessoa com deficiência e orientações para o setor turístico. Legislações, normas e cartilhas com dicas de como se adaptar e receber bem a pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida estão disponíveis para leitura e download.

Na última quarta-feira (3), o site Turismo Acessível ganhou uma extensão através de aplicativo para celulares e tablete, que está disponível para download nas plataformas: iOS (iPhone, iPad), Android (Samsung, Sony, LG, Motorola, HTC) e Windows Phone (Nokia, Sony, Samsung, LG, HTC).

O MTur também investiu, nos últimos anos, mais de R$ 123 milhões para a implantação e adequação de infraestrutura turística e de apoio ao turismo de diversas cidades com o intuito de receber pessoas com deficiência e mobilidade reduzida por meio do Programa de Turismo Acessível.

A realização do prêmio é do W3C Escritório Brasil e do Comitê Gestor da Internet, em parceria com o Ministério do Planejamento, com a Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo e com a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD).

Pesquisa do W3C Brasil aponta que apenas 2% do total de mais 6 milhões de páginas de órgãos públicos analisadas se adequam aos padrões de acessibilidade.
Estima-se que o indicador para as páginas web do setor privado, ainda em levantamento, seja semelhante ao do setor público.

Sobre o W3C

O World Wide Web (W3C) é um consórcio internacional que define padrões para desenvolvimento de conteúdos para internet, tais como diretrizes técnicas de acessibilidade que garantem o acesso a todos, em qualquer dispositivo, de maneira segura e confiável.

Desde 2012, o W3C Brasil, em parceria com a Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação do Ministério do Planejamento e Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo e Associação de Assistência à Criança Deficiente, promove o prêmio “Todos@Web” em reconhecimento às iniciativas
e projetos em torno da acessibilidade na internet.

Podem concorrer três categorias:  pessoas ou instituições que promoveram ações de acessibilidade na web no último ano; sites governamentais, comerciais
e de entretenimento; aplicativos e tecnologias em prol do consumidor.

Fonte: http://www.lerparaver.com/noticias/brasil-site-ministerio-turismo-reconhecido-por

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.