Capacitação: Motoristas e cobradores têm olhos vendados e descem rampa em cadeira de rodas
Capacitação: Motoristas e cobradores têm olhos vendados e descem rampa em cadeira de rodas

Capacitação: Motoristas e cobradores têm olhos vendados e descem rampa em cadeira de rodas

Terá continuidade na próxima quarta-feira (10), às 9h, a capacitação para funcionários da Sogal e Vicasa, em Canoas, para a prestação de serviço às pessoas com deficiência. O objetivo é sensibilizar os condutores e cobradores para um atendimento humanizado a este público. Até o final de agosto, cerca de 150 profissionais terão recebido o treinamento.
A atividade será conduzida pela Coordenadoria da Pessoa com Deficiência, com apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Instituto Canoas XXI, Associação dos Deficientes Visuais de Canoas (Adevic), Associação Canoense de Deficientes Físicos (Acadef) e empresa Sogal. A capacitação ocorrerá na sede da empresa Sogal, na Av. Armando Fajardo, 301, Bairro Ozanan.
O treinamento é teórico-prático, abordando temas como acessibilidade e inclusão social, terminologia/nomenclatura, legislação referente à acessibilidade, diferentes tipos de barreiras, conceitos e particularidades dos diferentes tipos de deficiência e formas de abordagem e condução em ambientes planos ou rampas, além de transposição de obstáculos, como os momentos de embarque, permanência e desembarque das estações e terminais de transporte coletivo.
Exercício prático
Durante a prática, os participantes do treinamento embarcarão nos veículos utilizando vendas nos olhos e cadeiras de rodas. A intenção é de trazê-los para uma reflexão, além de sensibilizá-los sobre a importância do respeito contínuo às limitações desses passageiros. Os operadores ainda receberão orientações sobre a forma correta de operar os elevadores dentro dos coletivos.
Segundo o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o País tem 45 milhões de pessoas com deficiência, ou seja, cerca de 24% da população. Em Canoas, mais de 75 mil canoenses possuem algum tipo de deficiência e podem contar com 71 veículos da frota acessível da empresa Sogal.

Fonte: http://www.sul21.com.br/jornal/capacitacao-motoristas-e-cobradores-tem-olhos-vendados-e-descem-rampa-em-cadeira-de-rodas/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.