CEO decidiu testar os serviços do seu banco para pessoas deficientes
CEO decidiu testar os serviços do seu banco para pessoas deficientes

CEO decidiu testar os serviços do seu banco para pessoas deficientes

Apesar da sua iniciativa ter como objetivo melhorar as condições de pessoas com deficiências quando se dirigem ao banco, este CEO acabou por ser alvo de paródia nas redes sociais.

Em honra do Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, no dia 3 de dezembro, o CEO do banco russo Sberbank decidiu testar os seus próprios serviços para avaliar se o seu banco reúne as condições necessárias para receber pessoas com algum tipo de deficiência. Para tal, decidiu utilizar um método pouco convencional.

Como parte de uma experiência da GERT, Gref usou um fato em que a sua visão ficou bastante reduzida, assim como a sua audição. O Sberbank comprou vários fatos deste género para consciencializar os seus funcionários sobre as dificuldades das pessoas com necessidades especiais.

Depois de entrar no banco ‘disfarçado’, o CEO tentou fazer um pedido à pessoa que o atendia, mas viu-se obrigado a tirar parte do fato pois era quase impossível ouvir o que a mesma dizia.

Apesar da ideia por trás da ação ter sido bem recebida, no Twitter o fato que Gref vestia foi alvo de atenções, com alguns a chamá-lo de “versão robocop russa”.

Fonte: https://www.noticiasaominuto.com/mundo/699366/ceo-decidiu-testar-os-servicos-do-seu-banco-para-pessoas-deficientes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.