Conheça seis produtos tech que auxiliam deficientes visuais
Conheça seis produtos tech que auxiliam deficientes visuais

Conheça seis produtos tech que auxiliam deficientes visuais

As tecnologias têm avançado nos últimos anos e isso é um passo importante para a criação de novos dispositivos para deficientes visuais. No mercado nacional é possível encontrar teclados especiais, com letras maiores e em alto contraste. Mas, as inovações podem ir além, com o projeto de uma luva tátil inteligente, capaz de ajudar a pessoa a “enxergar” com as mãos, ou até leitores pessoais para compreender textos impressos de forma mais prática. 

Bengala smart ajuda deficientes visuais a reconhecerem rostos e lugares

Já o celular da OwnFone vem com teclas em braille, assim como o relógio inteligente da Dot que permite interações com demais eletrônicos. Confira a lista completa e veja como esses recursos podem ser úteis no dia a dia de deficientes.

1. Leitores pessoais

A acessibilidade de textos impressos ainda é um dos assuntos discutidos, principalmente pela baixa taxa de transcrição para o braille. Pensando nisso, o MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) elaborou o “FingeReader”, que se trata de um anel que lê os textos para o deficiente em voz alta.

Já o projeto da designer Hansub Lee permite se parear via Bluetooth com um fone de ouvido, identificando objetos e códigos de barras, eficiente na hora de fazer as compras em mercados. Os dois dispositivos ainda estão em desenvolvimento, sem previsão para lançamento no mercado.

2. Luva robótica

Os pesquisadores da Universidade de Nevada e Arkansas foram além com o projeto de uma luva robótica inteligente. A tecnologia permite ajudar os deficientes visuais a “enxergar” com as mãos, identificando objetos com sensores completos. O dispositivo ainda vem com câmeras e microfones embutidos, com retorno para o usuário por meio de voz ou tátil.

A luva permite, inclusive, ter uma noção do espaço e dos objetos que estão ao redor. O design promete ser prático, com encaixe ergonômico nas mãos. O equipamento ainda está em testes, mas é uma boa notícia para os avanços futuros.

3. Teclado em “braille”

No mercado brasileiro já é possível comprar um teclado com design especial para deficientes visuais ou pessoas com baixa visão. O periférico é equipado com teclas ampliadas e em alto contraste, se tornando táteis. As etiquetas são feitas em uma mistura de policarbonato e adesivo, o que garante durabilidade. O padrão das letras é em ABNT com plugue em USB para o computador. O preço fica a partir de R$ 239 em lojas online.

4. Relógio inteligente

O Dot é um relógio inteligente com leitura em Braille, que ajuda a monitorar atividades físicas, permite envio de mensagens e com funções para ler textos no dia a dia. O diferencial do dispositivo é seu design projetado com pontos táteis que se alteram (retraindo e expandindo) conforme o conteúdo.

O equipamento ainda vem com conectividade Bluetooth, para parear com celulares Android e iOS (iPhone), e oferece bateria que dura 10 horas. O Dot está em pré-venda no site da fabricante com preço de US$ 300 (R$ R$ 1.017 em conversão direta).

5. Celular em Braille

A OwnFone lançou um celular com funções completas em Braille para deficientes visuais. O destaque está na tela com teclas de alto relevo, para leitura tátil pelos usuários. O design é projetado por impressão 3D, de forma econômica, e tem botões programáveis. O aparelho pode ser encomendado no site da fabricante de forma personalizada, selecionando o tipo de botão (com imagem, palavras ou em Braille). O preço atual é de £75 (cerca de R$ 270 sem taxas).

Vale lembrar que em celulares com Android e iOS (iPhone) é possível encontrar ferramentas de acessibilidade para deficientes visuais, com leitura de textos, por exemplo. Também há apps com funções extras, para ajudar no dia a dia. Confira todas as dicas nesta lista.

6. Películas e tablets com textura

A Tactus desenvolveu uma película capaz de projetar botões táteis em telas de celulares ou tablets. O display liso, sensível ao toque, ganharia pequenas “bolhas” retráteis com base de polímetros semi-elásticos. A tecnologia é ideal para aplicação em dispositivos para deficientes visuais, com adaptação para o Braille por exemplo. A teclas “físicas” são formadas por um fluido especial, que inflam e se movimentam de forma dinâmica. O projeto ainda precisa ser aprimorado para essa função e não está à venda no mercado nacional.

Já o Blitab é um tablet projetado com uma tela em Braille no topo, que permite acessar os mais diferentes aplicativos e ler textos usando as mãos ou em voz alta. O equipamento está em pré-venda, para acumular investidores e testadores, sem preço atual no site da fabricante. 

Para quem procura por uma versão de aplicativo para digitar em telas touch de forma mais simples, o iBrailler Notes permite usar um teclado especial para deficientes visuais no iPad. O app já pode ser baixado no Brasil, disponível para iOS.

Fonte: http://www.techtudo.com.br/listas/noticia/2016/12/conheca-seis-produtos-tech-que-auxiliam-deficientes-visuais.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.