Deficiente visual participa da Meia Maratona do Trabalhador

Deficiente visual participa da Meia Maratona do Trabalhador

Competição ocorreu na manhã desta sexta-feira (1º), em Campos, no RJ.
Deficiente visual de 29 anos, relatou que corre há mais de dez anos

Deficiente visual conseguiu completar todo o percurso da prova (Foto: Gilberto Morais/Inter TV)
Deficiente visual completou o percurso da prova (Foto: Gilberto Morais/Inter TV)

A Segunda Meia Maratona do Trabalhador, realizada na manhã desta sexta-feira (1º), movimentou Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, e contou com atletas de diversos municípios do Estado. Porém, um fato inusitado e curioso chamou atenção do público: dentre os 400 competidores, estava o auxiliar de radiologia Fernando Gonçalves, de 29 anos, deficiente visual, que contou com ajuda de seu treinador para completar o percurso.

De acordo com Fernando, que tem a dificiência desde quando nasceu, a falta da visão nunca foi empecilho para que ele pudesse fazer o que mais gosta, correr e participar de competições. Ele disse também que pratica o esporte há mais de dez anos e constantemente participa de provas que ocorrem em Campos e região.

Segundo Fernando Gonçalves, a falta da visão nunca foi empecilho para que ele pudesse fazer o que mais gosta (Foto: Gilberto Morais/Inter TV)
Segundo Fernando Gonçalves, a falta da visão
nunca foi empecilho para que ele pudesse fazer o
que mais gosta (Foto: Gilberto Morais/Inter TV)

“Estou vivo e meu objetivo é mostrar que posso participar de uma competição. Não tenho interesse em chegar em primeiro lugar, mas quero mostrar que sou capaz. Sou muito feliz e não tenho dificuldade nenhuma para desempenhar o esporte”, declarou Fernando Gonçalves, que ao final não chegou nas primeiras posições, mas conseguiu completar os 21 Km da corrida.

A competição foi organizada pela Fundação Municipal de Esportes (FME) e pela Federação de Atletismo do Rio de Janeiro, a vitória ficou com Oberdan Silva Souza Júnior, de Bom Jesus do Itabapoana, e Milene da Silva dos Santos, de Nova Friburgo.

Para Oberdan, a vitória foi uma novidade: “Já havia corrido em Campos, mas foi a primeira vez que venci. Como estava parado há três anos em razão do trabalho, o resultado foi muito bom”, destacou.

Competição foi organizada pela Fundação Municipal de Esportes (FME) e pela Federação de Atletismo do Rio de Janeiro (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campos)
Competição foi organizada pela Fundação
Municipal de Esportes (FME) e pela Federação de
Atletismo do Rio de Janeiro
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Campos)

Milene disse que correu em ritmo de treino: “Venho de uma prova muito difícil na cidade de Carmo, com subidas e descidas e vim apenas para participar e treinar. A vitória foi um presente”, declarou a corredora de Nova Friburgo, que tem vasta experiência em provas em Campos, onde já venceu várias vezes.

Os corredores passaram pelas avenidas Rui Barbosa, XV de Novembro e Bartolomeu Lizandro em Guarus, além de passarem pelas pontes General Dutra e Saturnino de Brito, em três voltas pelo circuito.

Na categoria de Campos, apenas com atletas locais, os vencedores foram Vanildo Sá e Débora Soeiro. Todos os ganhadores foram premiados com medalhas, além dos troféus para os vencedores de cada categoria.

Fonte: http://g1.globo.com/rj/norte-fluminense/noticia/2015/05/deficiente-visual-participa-com-cao-guia-da-meia-maratona-do-trabalhador.html

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *