Emotis ganham sons para serem identificados por deficientes visuais
Emotis ganham sons para serem identificados por deficientes visuais

Emotis ganham sons para serem identificados por deficientes visuais

Para muitas pessoas, ouvir é uma forma de ver.

Emoticons são a nova forma de linguagem mundial. Mas para os deficientes visuais, eles não passam de uma narração fria e sem emoção. A Live TIM, ultra banda larga fixa da TIM, em colaboração com o Instituto Benjamin Constant, acaba de mudar essa história, desenvolvendo uma nova ferramenta de acessibilidade digital que inclui todos os deficientes nessa conversa. Uma atualização para um dos leitores de tela mais utilizados no mundo por eles, o NVDA. Identificamos os Emoticons mais utilizados na rede e gravamos sons para cada um deles. Agora, em vez de narração fria, os deficientes visuais vão poder ouvir emoções reais.

O Instituto Benjamin Constant

O IBC é um dos institutos mais respeitados no mundo quando o assunto é acessibilidade. Há mais de 160 anos, vem trabalhando e desenvolvendo projetos com o objetivo de inclusão. Para realizar os EmotiSounds, contamos com um grupo de 8 profissionais, entre professores, deficientes visuais, arquitetos de informação e doutores. Eles identificaram os Emoticons mais utilizados, como seus sons poderiam ser e também a sua usabilidade.

Descarregar o plugin na fonte:
http://www.livetim.tim.com.br/emotisounds/

Fonte: Ler para Ver

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *