Fisioterapia para deficientes visuais
Fisioterapia para deficientes visuais

Fisioterapia para deficientes visuais

A visão é o sentido mais importante para o desenvolvimento pleno de todas as funções motoras,uma vez que este sentido esteja alterado ou ausente,o individuo terá alguns atrasos  ou prejuízos em suas atividades.

A criança, diferente do adulto, tem um fator que deve ser levado em conta durante a intervenção terapêutica: ela não traz no seu desenvolvimento nenhuma experiência visual que possa servir como referência. Portanto uma intervenção precoce para esta população é de extrema importância, para estimular os sentidos remanescente com novas experiências sensoriais e motoras, proporcionando uma adaptação em relação às limitações impostas pela deficiência visual.

A atuação da fisioterapia na reabilitação visual com crianças, também é voltada para a estimulação do desenvolvimento neuropsicomotor normal, uma vez que a visão esteja prejudicada, todas as aquisições motoras sofrerão um atraso, prejudicando todo seu desenvolvimento. Além disso, a ausência da visão altera diretamente o equilíbrio, coordenação motora e também a consciência corporal. A fisioterapia atua nestes aspectos; busca, com recursos lúdicos, preparar a criança para uma melhor performance nas atividades e posteriormente uma maior independência funcional durante o seu desenvolvimento.

Com o deficiente visual adulto, os objetivos da fisioterapia, visam o trabalho de adequação do controle postural, equilíbrio e consciência corporal, aspectos importantes para orientação e mobilidade de forma segura.

 

Texto de : Natália Ferreira. Fisioterapeuta do Lar das Moças Cegas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *