Fundação Dorina produz audiodescrição para museus
Fundação Dorina produz audiodescrição para museus

Fundação Dorina produz audiodescrição para museus

O Museu Afro está ampliando a acessibilidade nas exposições que oferece ao público e contratou a Fundação Dorina para apoiá-lo.

A primeira etapa deste projeto consiste na produção da audiodescrição de duas obras, que foram roteirizadas e gravadas nos estúdios da Fundação e disponibilizadas pelo museu em formato de QRCodes, já disponíveis em displays por toda a exposição fixa do espaço.

Este mesmo serviço também foi demandado pelo Instituto Butantã para desenvolver a acessibilidades em seus 3 museus: Museu de História, Museu de Microbiologia e Museu de Biologia.

Demandas como esta mostram que os museus estão despertando o olhar para a acessibilidade com tecnologias como o QRCode e Pentop e permitindo, cada vez mais, que pessoas com deficiência visual tenham acesso adequado à cultura.

Fonte: http://www.fundacaodorina.org.br/novidades/novidade/?id=2603&/fundacao_dorina_produz_audiodescricao_para_museus

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.