GP Internacional INFRAERO de Judô para Cegos abre a temporada 2015, em SP

GP Internacional INFRAERO de Judô para Cegos abre a temporada 2015, em SP

Rayfran Pontes em duelo contra atleta da Mongólia no GP Internacional de 2014 (Willian Lucas/CBDV/Inovafoto)Nada melhor que começar a temporada 2015 com um evento de uma das modalidades que mais conquistam medalhas para o Brasil em Jogos Paralímpicos. No dia 14 de março, a cidade de São Paulo será sede do Grand Prix Internacional INFRAERO de Judô para Cegos. A competição será realizada na Universidade São Judas Tadeu, unidade Mooca, e contará com a participação de aproximadamente 180 atletas.

Além dos judocas de todo o Brasil, o evento, que chega a sua quarta edição, contará com a presença de potências mundiais. Três grandes centros do Judô Paralímpico estão confirmados na competição: Argentina, Canadá e Inglaterra. A presença destes países promete acirrar ainda mais os duelos pelo pódio.

– O Grand Prix neste início de ano é um aberto que permite a participação de outros países. Para nós da seleção é interessante e proveitoso, porque vamos competir com atletas que vão estar no Mundial da IBSA (em maio) e nas Paralimpíadas (Rio 2016). Vamos ter um conhecimento a mais sobre os adversários e poder se preparar para estes grandes eventos – disse Rayfran Pontes, atleta da categoria -60 kg.

A etapa será disputada nas categorias, Adulto e Iniciante, ambas no masculino e feminino. E quem estará observando tudo de perto é a comissão técnica da seleção brasileira. Ao longo da história, o Grand Prix Internacional INFRAERO de Judô para Cegos surge como vitrine e celeiro de novos talentos para que o Brasil continue se destacando nas competições internacionais. Ex-judoca da seleção e atual vice-presidente da CBDV, Helder Maciel Araújo falou sobre a importância da competição nacional.

– O GP é uma referência do Judô Paralímpico brasileiro. Os dois maiores eventos no Brasil (que conta ainda com a Etapa Final do GP) servem, tanto para a preparação da seleção quanto para o surgimento de novos talentos. A categoria iniciante se torna importante para a comissão técnica da seleção, que está observando um novo atleta disputando um campeonato mais forte – destacou o vice-presidente.

A competição é uma realização da Confederação Brasileira de Desportos de Deficientes Visuais, patrocínio da INFRAERO, e apoio do Comitê Paralímpico Brasileiro e da Universidade São Judas Tadeu.

Confira a programação do evento.

8h30 – Abertura

9h – Início das competições

14h – Premiação da Categoria Iniciante

16h – Finais da Categoria Adulto

17h30 – Premiação da Categoria Adulto

Serviço

Evento: Grand Prix Internacional INFRAERO de Judô para Cegos

Data: 14 de março de 2015

Horário: 8h30

Local: Universidade São Judas Tadeu

Endereço: Rua Taquari, 546 – Mooca – São Paulo/SP

Entrada franca

Fonte: http://www.cbdv.org.br/noticia/gp-internacional-infraero-de-judo-para-cegos-abre-temporada-2015-em-sp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.