Grande festa marca a chegada dos heróis campeões do mundo

Grande festa marca a chegada dos heróis campeões do mundo

Atletas e comissão técnica brasileira vibram com o título
A Seleção Brasileira de Futebol de Cegos, que trouxe o título Mundial do Japão,  depois de uma final suada diante da Argentina, foi recepcionada com grande festa no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro. E teve de tudo: torcida organizada, chuva de papel, musas de carnaval, sambistas e até desfile em carro do corpo de bombeiro.
– É muita emoção ser recebido desta forma, estamos desfrutando depois de um ano inteiro de trabalho. Agora é o momento de comemorar muito com meus companheiros e a torcida brasileira – disse o capitão do time e melhor jogador do campeonato, Ricardinho.
Vestindo uma camisa com os dizeres ‘’os alquimistas do futebol’’, pois transformam o suor em ouro há muito tempo, os torcedores receberam os campeões. Desde 2007 esta equipe não sabe o que é perder um campeonato.
Apesar da expressiva invencibilidade, o melhor jogador do torneio afirma que a conquista do tetracampeonato não foi nada fácil.
– As outras equipes vem evoluindo muito, basta pegar os jogos e ver como tivemos dificuldade. Ganhamos partidas nos minutos finais –  explicou o camisa 10.
Outro jogador muito importante na competição e autor do gol do título, Jefinho,  ficou surpreso com a comemoração.
– Não esperava mesmo uma festa deste tamanho. Sabia que teria alguma coisa, mas não assim. Ficamos muito felizes mesmo – falou o camisa 7 do time.
A final diante da Argentina, vencida na prorrogação, mexeu com o ala da Seleção.
– Foi um jogo memorável, que vai sempre ficar marcado na minha memória. Depois da partida, só consegui dormir as 6h da manhã do outro dia, a adrenalina era muito grande – encerrou Jefinho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.