Inpa debate integração da pessoa com deficiência na Semana de C&T

Inpa debate integração da pessoa com deficiência na Semana de C&T

Professora com menina deficiente

Para mostrar como as pessoas com deficiência podem ser integradas ao cotidiano da sociedade, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2014) do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) promoveu nesta última quarta-feira (15), em Manaus (AM), a palestra “Sou normal, Sou Legal! Inpa no Amazonas para um público especial”.

De acordo com a organização, o tema foi escolhido para mostrar ao público que a pessoa com deficiência é uma pessoa normal, mas geralmente depende da compreensão da sociedade para que seja um profissional bem sucedido, um pai exemplar ou um cidadão pleno.

“Não podemos pensar em desenvolvimento social sem incluir as minorias e parte dessa minoria é os deficientes”, afirmou uma das organizadoras da palestra, a professora Rosicleide Ferreira, coordenadora do Curso de Turismo do Centro Universitário do Norte (UniNorte).

O palestrante Jessé Davi Bessa apresentou a experiência como professor na Escola Estadual Augusto Carneiro, uma instituição especializada no ensino para crianças e adolescentes surdos. Para ele, integrar os surdos-mudos ou torná-los parte do processo de inclusão social é um direito e uma responsabilidade de cidadania. “Há uma parcela significante querendo ser introduzida numa grande parcela da sociedade, que é a dos ouvintes”, acrescentou Bessa.

Inclusão social

De acordo com o gestor do Bosque da Ciência do Inpa, Jorge Lobato, o instituto também se preocupa em promover a inclusão social das pessoas com deficiência. O Inpa promove atividades no Circuito da Ciência atendendo a grupos de estudantes com necessidades especiais.

Para facilitar e permitir a acessibilidade a todos os visitantes nas dependências do Bosque da Ciência, o Inpa pretende concluir, até dezembro, a revitalização da estrutura física nos setores de visitação e atrativos do Bosque, incluindo a portaria, estacionamento, a Casa da Ciência e rampas de acesso para os cadeirantes ao taque do peixe-boi.

Além disso, também está prevista a conclusão de uma trilha de 800 metros pavimentada com paralelepípedo, que vai do portão de entrada até o Lago Amazônico.

Espaço interativo

O Bosque da Ciência fica dentro da área urbana de Manaus (AM) com aproximadamente 13 hectares e recebe em média 140 mil visitantes por ano. O espaço funciona de terça-feira a sexta-feira das 9h às 12h e das 14h às 16h30 (entrada). Sábados, domingos e feriados, das 9h às 16h. Na segunda-feira o Bosque é fechado para manutenção.

A entrada custa R$ 5. Crianças até dez anos, idosos a partir de 60 anos e grupos religiosos, comunidades carentes agendados previamente não pagam. A solicitação pode ser feita via ofício. Mais informações pelos telefones (92) 3643-3192/3312/3293.

SNCT 2014

O tema da edição “Ciência e Tecnologia para o Desenvolvimento Social” pretende criar oportunidades para vincular a produção científica aos desafios da sociedade brasileira. Também busca estimular as instituições a abordar a ciência e tecnologia na dimensão social, como instrumento de inclusão, transformação social e desenvolvimento humano.

A Semana pretende, ainda, mobilizar a população, em especial crianças e jovens, em torno de temas e atividades de ciência e tecnologia, por meio de diversas atividades como palestras, cursos, oficinas e visitas. Para a edição foram cadastradas 30.922 atividades de 470 instituições, oriundas de 439 cidades brasileiras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.