Judô mantém rotina e conquista mais duas medalhas no último dia do Mundial

Judô mantém rotina e conquista mais duas medalhas no último dia do Mundial

Judocas brasileiros exibem a medalha conquistada no Mundial, em Seul

O Brasil encerrou a participação nos Jogos Mundiais da IBSA 2015 com duas medalhas de bronze. Na competição por equipes disputada na madrugada deste sábado (16), as seleções, masculina e feminina, superaram a Turquia e ficaram com o terceiro lugar. O próximo desafio será em agosto, nos Jogos Parapan-Americanos de Toronto, no Canadá.
A competição por equipes no masculino colocou frente a frente forças do Judô Mundial. Logo no primeiro duelo o time brasileiro encarou os Estados Unidos. Foram cinco lutas equilibradas, mas o Brasil sagrou-se vencedor com boa vantagem no placar: 4 a 1. O confronto seguinte foi contra os vice-campeões para o Brasil no Mundial 2014, a Rússia. A sorte dessa vez sorriu para os europeus, que conquistaram a vaga na final, por 4 a 1.
Na decisão do bronze os brasileiros encararam a Turquia. Rayfran Pontes, Abner Nascimento, Harlley Arruda, Arthur Silva e Wilians Araújo não deram chance aos turcos e fecharam o duelo vencendo todas as lutas.
No feminino a história foi parecida. As meninas do Brasil perderam para a Ucrânia, por 2 a 1, mas na decisão do bronze não deu brechas para as judocas da Turquia e venceram todas as lutas do duelo. Karla Cardoso e Lucia Araújo abriram 2 a 0, e na última luta, Alana Maldonado aplicou um lindo Uchimata em Gulham Kilic, e venceu por Ippon, para fechar a série em grande estilo.
Após as medalhas conquistadas durante os Jogos Mundiais, o técnico Alexandre Garcia avaliou o desempenho geral dos atletas e reforçou que o principal objetivo do Brasil é a disputa dos Jogos Paralímpicos do Rio 2016.
– Em cima dessa competição nós podemos fazer uma avaliação boa em algumas categorias, e em outras, que não tivemos um aproveitamento como o esperado. Sempre lembrando que o nosso objetivo é o Rio 2016. Mas tivemos atletas que se destacaram bastante, tiveram um bom desempenho durante a competição. Isso faz com que a gente possa acreditar muito mais – disse o treinador brasileiro.
A seleção chega ao Brasil na tarde da próxima segunda-feira (18), no Aeroporto Internacional de Guarulhos, com quatro medalhas no individual: Lúcia Araújo (até 48k), Alana Maldonado (até 70kg), Deanne Almeida (acima de 70kg) e Wilians Araújo (acima de 100kg), além das duas de bronze na competição por equipes. Até o embarque para Toronto, onde irá participar do Parapan, os judocas têm mais duas fases de treinamento, de 21 a 28 de junho, e 19 a 26 de julho, em São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.