LMC uma fonte de luz em minha vida

LMC uma fonte de luz em minha vida

Eu sou Guilherme e frequento o LMC desde bebê, quando minha mãe me trazia para as terapias. Aos 7 anos comecei a vir no transporte sozinho por incentivo do Lar das Moças Cegas,  que me proporcionou essa independência. Foi aqui, nas Atividades da Vida Diária (AVD), que aprendi a dobrar a roupa, escovar os dentes, tomar banho, etc.

Hoje, faço Educação Física e Orientação e Mobilidade e aprendi várias técnicas e regras de locomoção. Foi no LMC que também tive o primeiro contato com o Braille, um sistema acessível para pessoas com deficiência visual, o que me possibilitou ler e escrever.

O LMC foi como uma fonte de luz em minha vida pois me encorajou a seguir em frente apesar das minhas limitações e me ensinou que sou humano como qualquer um, que posso tudo, e que o céu é o limite.

Texto de Guilherme Santos Matos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *