A “magrela” social e verde
A “magrela” social e verde

A “magrela” social e verde

Desde janeiro de 2010 acontece, todo domingo, o “Passeio às cegas”, uma iniciativa da cidade do México cuja proposta é fazer com que voluntários ofereçam passeios a pessoas cegas ou com debilidade visual em bicicletas duplas apoiando, desta forma, a reintegração de pessoas com deficiência visual que vivencia a cidade através da bicicleta.

Cada vez mais o uso da bicicleta se expande tanto em cidades de países desenvolvidos como nas principais capitais da América Latina, que criam ciclovias e políticas de promoção deste veículo para que, na medida que as pessoas redescubram o prazer de andar de bicicleta, mais queiram compartilhá-lo com quem não pode desfrutar deste prazer.

Neste sentido, a iniciativa da cidade do México, uma iniciativa das organizações Bicitekas e Muévete por tu Ciudad em conjunto com a Contacto Braille, demonstra que todos podem apreciar o veículo mais “verde” do mundo, quando as ruas do Paseo de la Reforma e parte do Centro histórico da cidade são fechadas para pedestres, patinadores e ciclistas, num programa já conhecido como “Passeio Dominical”.

Há sete bicicletas duplas disponíveis em um estande e cerca de 15 deficientes visuais passeiam de “carona” a cada domingo. Essas bicicletas são conhecidas também como tandem, e são operadas por ambas as pessoas. A idéia surgiu no Segundo Encontro de Segurança Viária, em 2008, com a participação de várias organizações. O idealizador do projeto também não enxerga.

Em reportagens publicadas pelo jornal El Universal, diferentes usuários descrevem a emoção de subir em uma bicicleta e sentir o vento no rosto, escutar a cidade ao redor e desfrutar da liberdade que só a “magrela” (apelido carinhoso da bicicleta) consegue oferecer. Para os cegos, o rótulo de deficiente visual desaparece e, para os voluntários condutores, torna-se muito gratificante perceber a cidade por um outro prisma.

O “Passeio às cegas” é uma ideia muito interessante não só do ponto de vista da integração social, como também é um projeto condizente com a tendência das sociedades em buscar um futuro mais verde.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *