Médicos alertam idosos para os riscos da catarata
Médicos alertam idosos para os riscos da catarata

Médicos alertam idosos para os riscos da catarata

Para alertar sobre uma das principais causas de cegueira no mundo, a Associação Brasileira de Catarata e Cirurgia Retrativa aproveita o Dia do Idoso, comemorado nesta quarta-feira (1º), e sugere que quem passou dos 60 anos faça o exame periodicamente.  A catarata está ligada ao envelhecimento e tem mais chance de aparecer em quem passou dos 40 anos. Doenças como glaucoma, diabetes e o hábito de fumar também favorecem a doença.

Segundo o presidente da instituição, Daniel Montengero, principalmente em países tropicais, como o Brasil, onde incidência de raios solares é alta, é maior o número de pessoas com o problema que causa cegueira. Para detectar a doença e evitar que evolua, ele explica que deve ser feito um exame médico simples, no consultório das redes pública ou privada de saúde.

“A catarata é provocada por uma baixa progressiva da visão que se inicia com a perda de sensibilidade ao contraste, passa para o contraste das cores, a pessoa começa a ver preto e branco e, mais tardiamente, há perda de visão”, explicou.

Nos cálculos da Organização Mundial da Saúde, em todo o mundo, 20 milhões de pessoas sofreram de catarata e perderam a visão, sendo 350 mil brasileiros. Porém, mesmo relacionada ao envelhecimento, a doença pode ser tratada com cirurgia. No procedimento, disponível em hospitais da maior parte do país, é colocada uma lente no olho do paciente.

Para adiar a doença, o médico sugere evitar alimentos como enlatados e refrigerantes, usar óculos escuros com proteção contra raios ultravioleta e evitar o uso de corticoides. “De modo geral, a pessoa deve procurar ter uma vida saudável”, destacou Montenegro.

Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br/app/noticia/brasil/2014/10/01/interna_brasil,533170/medicos-alertam-idosos-para-os-riscos-da-catarata.shtml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.