‘Praia acessível’ proporciona lazer para quem tem dificuldade de locomoção
‘Praia acessível’ proporciona lazer para quem tem dificuldade de locomoção

‘Praia acessível’ proporciona lazer para quem tem dificuldade de locomoção

Banhos de mar e sol são para todos e o ‘Programa Praia Acessível’ reafirma isso a cada atendimento, utilizando cadeiras anfíbias. A ação, parceria entre a prefeitura e o governo do Estado, possibilita lazer a pessoas com deficiência ou pessoas que, por problemas de saúde, apresentam dificuldades de locomoção.

No carnaval o programa contou com programação diferenciada nos dois polos: canal 6, próximo ao Aquário Municipal e canal 3, ao lado da Concha Acústica.

“Começamos as atividades no dia 5 e vamos até domingo (14). Com meta de 100 pessoas atendidas neste feriado, das 10 às 16h”, afirmou o responsável pelo programa em Santos, o chefe da coordenadoria de defesa de políticas para pessoas com deficiência da Secid (secretaria de defesa da cidadania), Eduardo Ravasini.

Os horários de atendimento da temporada de verão seguem até o último final de semana de março nos dois pontos: sextas, sábados e domingos. Após este período, funciona um polo por final de semana, de forma intercalada, sempre das 10 às 16h.

De acordo com Ravasini, a ação é uma forma de lazer gratuita e que traz benefícios como a interação social e o contato com a natureza. “A cadeira possibilita o banho de mar e sol com segurança, sempre com o auxílio de monitores, universitários ou já formados em educação física. Podemos dizer que o Praia Acessível em Santos é um destaque no Estado de São Paulo”, completou.

Para utilizar o serviço basta se dirigir aos núcleos de atendimento e preencher uma pequena ficha de identificação. Grupos grandes necessitam fazer agendamento por meio do endereço eletrônicocodep@santos.sp.gov.br.

Dedicação

A educadora física, Deybie de Andrade, é uma das monitoras do programa. “É muito gratificante conhecer as histórias de todas as pessoas que frequentam o espaço. Para gente é tão fácil vir a praia e entrar no mar, muito bom possibilitar isso para quem não pode”.

Fabiano Sales ainda não concluiu a faculdade de Educação Física e também é monitor. “É uma função ótima. Estamos trabalhando e ajudando o próximo, além das amizades que fazemos”.

Exemplo

No dia 30 de dezembro do ano passado, Alzira Gonçalves Miranda Paz, de 89 anos, por um descuido no momento em que se vestia, caiu e quebrou o fêmur. “Moramos em São Paulo e ela estava no apartamento de Santos. Foi um grande susto e a levamos para operar na capital. Minha mãe é ativa, nosso exemplo de disposição, alegria e luz. Ela vai se recuperar logo, mas até lá precisa utilizar a cadeira de rodas”, contou a filha, piloto de avião, Teresa Miranda Paz Parnes, 53.

Teresa disse que quando ficou sabendo do programa quis conferir. “É uma oportunidade maravilhosa e minha mãe ama este mar. Fiquei feliz também de ver o carinho e atenção da monitora”. Para Alzira, pareceu que estava em uma confortável poltrona. “Muito boa esta ação. Quero me recuperar logo e dar esta alegria aos meus três filhos e netos que cuidam de mim com muito amor”.

Foto: ROGERIO BOMFIM

Fonte: http://www.santos.sp.gov.br/?q=noticia/891288/praia-acess-vel-proporciona-lazer-para-quem-tem-dificuldade-de-locomo-o

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.