QUATRO MÃES INVISUAIS PUDERAM “VER” O SEU BEBÉ NO MOMENTO DA ECOGRAFIA

QUATRO MÃES INVISUAIS PUDERAM “VER” O SEU BEBÉ NO MOMENTO DA ECOGRAFIA

huggies_conhecendomurilo

Para qualquer mãe, cada momento importa. É este o mote da mais recente campanha da Huggies, uma marca de fraldas, lançada pouco antes do dia da mãe, no Brasil.

Intitulada #ContandoOsDias, a campanha surge com o lançamento da nova linha de fraldas “Huggies Primeiros 100 Dias”, ideal para qualquer recém-nascido.

As personagens destes anúncios são mulheres reais, invisuais e grávidas que esperam ansiosamente pelo momento de poderem abraçar, sentir e cheirar o seu filho. E aqui, numa série de quatro episódios, as quatro vidas que virão ao mundo são apresentadas pelas mães, expectantes pelo que há-de vir. “Conhecendo Murilo”, “Conhecendo Isabela”, “Conhecendo Lorena” e “Conhecendo Wendell” são os 4 filmes que nos mostram o que uma tecnologia cada vez mais acessível poderá fazer por estas mulheres.

Afinal de contas, que mãe não especula sobre os detalhes do seu bebé? Será o nariz mais parecido com o pai? Terá os olhos verdes da avó? A expectativa é muita. E o tempo de espera… prolongado.

A Huggies, em conjunto com a Agência Mood, lembrou-se de um dos momentos provavelmente mais tristes e angustiantes para uma mãe invisual: a ecografia em ultrassons. O derradeiro momento em que qualquer pai e mãe pode ver pela primeira vez a forma do pequeno rebento que está para vir.

Contornando este obstáculo, a Huggies Brasil decidiu dar a quatro mães a oportunidade de tocarem no rosto do seu bebé, ainda mesmo antes de nascerem, através de um protótipo impresso em 3D.

Adicionalmente, a audiodescrição permite a todos os espectadores portadores desta deficiência de perceberem melhor os filmes, ao ser descrito exactamente aquilo que as mães estão a fazer.

O resultado é comovente, digno de choradeira total para todas as mães que virem esta série de vídeos. (Eu confesso que também não contive as lágrimas).

Fonte: http://shifter.pt/2015/05/quatro-maes-invisuais-puderam-ver-o-seu-bebe-no-momento-da-ecografia/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.