Secretaria recebe recursos do FID para projeto de ação educativa no Estado de São Paulo

Secretaria recebe recursos do FID para projeto de ação educativa no Estado de São Paulo

Na tarde desta quinta-feira, 23 de abril, foi assinado pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo (SEDPcD-SP), no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do estado, o repasse de recursos financeiros do FID – Fundo de Interesses Difusos, para implantação de um projeto de ação educativa realizado durante um ano com alunos e professores do Estado de São Paulo.

O FID é composto por valores de multas oriundas de ações civis públicas e tem por objetivo principal a reparação, os ressarcimentos, a preservação de bens lesados no âmbito dos direitos do consumidor, meio ambiente, patrimônio histórico e cultural e minorias sociais.

Dessa forma, as ações educativas visam a conscientização da população sobre a importância dos direitos das pessoas com deficiência no âmbito escolar.

O projeto é coordenado pelo Memorial da Inclusão e está estruturado em dois eixos: ações educativas presenciais e à distância. O primeiro eixo é voltado a ações educativas presenciais, pelas quais serão atendidos cerca de 10.000 alunos, que participarão de ações educativas na sede da Secretaria, no espaço do Memorial da Inclusão, e em oito municípios que receberão a versão itinerante da mostra, além de palestras e demais práticas voltadas para alunos e professores da Rede Estadual de Educação.

O segundo eixo consiste na realização de 4 edições do curso à distância “Direitos da Pessoas com Deficiência: diversidade e igualdade humanas”, que buscará conscientizar cerca de 4.000 professores, sobre as potencialidades da inclusão, da história do movimento social e dos direitos da pessoa com deficiência.

O projeto será iniciado 90 dias após sua assinatura, com duração de um ano.

O Memorial da Inclusão consiste num departamento da SEDPcD-SP com a responsabilidade de registrar a Memória e a História do movimento social das pessoas com deficiência, bem como contribuir para a conscientização e divulgação do discurso da inclusão nas mais variadas áreas. Conta com visitas guiadas – para escolas, empresas, universidades etc. e, desde a sua inauguração, em dezembro de 2009, vem ampliando seu raio de ação e atribuições, atuando com ações educativas para  crianças e adolescentes; três versões itinerantes de sua mostra sobre pessoas com deficiência, que já visitaram dezenas de municípios no Estado de São Paulo; e programa de História Oral com mais de duzentas horas de entrevistas com militantes do movimento social.

O Memorial da Inclusão também é responsável pela “Virada Inclusiva”, ação que envolve mais de 80 municípios e dezenas de parceiros no estado de São Paulo realizando centenas de atividades voltadas para pessoas com e sem deficiência, tendo como objetivo central a convivência e a visibilidade da condição das pessoas com deficiência.

Participam da cerimônia de assinatura o Governador Geraldo Alckmin; a Secretária de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Dra. Linamara Rizzo Battistella; o Secretário de Estado da Justiça e Defesa da Cidadania, Aloísio de Toledo; representantes do FID e do Ministério Público do Estado de São Paulo; e a coordenadora do Memorial da Inclusão, Elza Ambrósio.

Para saber mais sobre o Memorial da Inclusão acesse: www.memorialdainclusao.sp.gov.br

Fonte: http://www.pessoacomdeficiencia.sp.gov.br/ultimas-noticias/secretaria-recebe-recursos-do-fid-para-projeto-de-acao-educativa-no-estado-de-sao-paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.