Surfista deficiente visual também se arrisca no skate downhill

Surfista deficiente visual também se arrisca no skate downhill

Atleta com bengala e skate na mão

Enquanto os pilotos do Mundial de Skate Downhill, no Mega Space, em Santa Luzia, se preparavam para entrar em ação, fazendo a inscrição, vestindo seus macacões e ajustando os equipamentos, um jovem chamava atenção de quem estava presente. O surfista Derek Rabelo, de 22 anos, mostrava desenvoltura por onde passava.

Cego, ele aceitou o desafio de competir e mostrar, mais uma vez, seu poder de superação. “Já participei da última etapa, em Lima. Fiquei entre os 30. Foi demais”, comemora Derek, de 25 anos.

Apesar do tombos inevitáveis já terem acontecido, ele não mostra arrependimento. “Há um ano, estava na minha cidade (Guarapari) em um dia sem ondas. Conheci uma turma do downhill, que me mostrou o esporte e me entusiasmei. É bem diferente do surf”, relata.

Para descer a pista de 1,2km, Derek vai com calma, mas precisa da memória para percorrer o trajeto. “Decorar o caminho é fundamental. O perigo é até maior do que na água, tento acelerar pouco até para preservar minha integridade física. Ser um surfista ajuda em algumas coisas, mas em outras é preciso adaptação”, completa.

Fonte: http://www.otempo.com.br/superfc/surfista-deficiente-visual-tamb%C3%A9m-se-arrisca-no-skate-downhill-1.940518

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.